22/02/2022

10 causas da falta de desejo feminina

10 causas da falta de Desejo feminina

Nas mulheres, o hormônio responsável por essa vontade é a testosterona, produzido nos ovários e glândulas suprarrenais, auxiliado pelo estrogênio, fabricado nos ovários e tecido gorduroso. São eles que causam a excitação natural física do ser humano.

É bem comum que as mulheres sejam as mais afetadas pela falta de desejo sexual, já que, na maioria das vezes, há a interferência do anticoncepcional e da menopausa como fatores que mexem com a produção dos hormônios.

Afinal, como resolver então essa falta de ânimo nas relações sexuais? A seguir, o Dr. Luís Carlos Weyne, ginecologista e especialista em sexologia da Unimed Fortaleza, explica as principais causas da falta de apetite sexual feminino e como controlá-las.

1. Pílulas anticoncepcionais

Além de inúmeros danos ao corpo das mulheres, esses medicamentos alteram também a dinâmica da ovulação e, consequentemente, os hormônios que produzem a desejo.

2. Problemas cardíacos

Pessoas com problemas cardíacos têm taxas de colesterol alteradas e uma das funções do colesterol é participar da produção de alguns hormônios, inclusive os do sexo. A maioria dos medicamentos utilizados no tratamento de doenças do coração também causa disfunções sexuais.

3. Doenças neurológicas

Essas doenças são crônicas, progressivas e geram redução dos níveis de dopamina no cérebro, o que compromete a desejo feminina. A deficiência no funcionamento dos nervos pode dificultar a comunicação do cérebro com o órgão sexual.

4. Diabetes

A doença prejudica a produção de lubrificação e ausência do orgasmo, pois os níveis de glicose no sangue são alterados e podem alterar também o pH vaginal.

5. Obesidade

Mulheres obesas produzem menos estrogênio e o fluxo de sangue também acaba sendo menor, inclusive nas regiões genitais, inibindo assim a excitação. Além disso, as células adiposas em excesso causam desequilíbrio hormonal.

6. Menopausa

Nessa fase, que significa o fim do período fértil da mulher, os ovários produzem menos hormônios ligados ao sexo do que em outras fases da vida.

7. Sono irregular

Quando dormimos, também liberamos os hormônios que causam desejo sexual, portanto, quando essa função está irregular um dos sinais é a desejo prejudicada. Além disso, a falta de sono aumenta a produção de cortisol, hormônio do estresse.

8. Uso de álcool e drogas

A sensação de excitação sexual após o consumo de bebidas alcóolicas e entorpecentes é temporária. Na verdade, quando consumidos em altas dosagens, o nível de excitação e quantidade de orgasmos nas mulheres é drasticamente reduzido.

9. Alimentação inadequada

Alimentos que possuem altas taxas glicêmicas prejudicam a desejo quando consumidos em excesso, como cafeína, alimentos processados, queijos, frituras e pães. A pouca ingestão de água também influencia drasticamente.

10. Fatores psicológicos

Traumas, aceitação do corpo, baixa autoestima, timidez, conflito conjugal, estresse, depressão, ansiedade e outros problemas dessa natureza abalam a saúde mental e o desempenho sexual. “Esse é um dos fatores mais determinantes, afinal, para a mulher o sexo está muito ligado ao sentimento. A ajuda de um psicólogo ou sexólogo é recomendada para auxiliar nesse processo”, destaca o especialista.

Suplemento para auxiliar no aumento de Desejo

 

Hoje também é possível encontrar no mercado suplementos 100% naturais que devolvem à você a Desejo. Estes produtos são produzidos com base em Vitaminas e Minerais e te ajuda a combater ainda mais sintomas que fazer a Mulher perder a Desejo, como a falta de energia, além do mais pode ajudar você em:

 

  • - Fortalecimento de Unhas
  • - Fortalecimento de Cabelos
  • - Aumento no Desejo
  • - Auxilio nos Sintomas da Menopausa
  • - Mais Energia e Disposição
  • - Reduz o estresse
  • - Auxilia no emagrecimento, reduzindo o apetite
  • - Aumenta a Fertilidade
  • - Aumenta a Lubrificação Natural
  • - Evita a menopausa precoce

Fonte: Unimed Fortaleza